domingo, outubro 11, 2009

Parecia Tango

O jogo de ontem entre Argentina e Peru foi dos mais emocionantes.
Imagino a agonia de nossos vizinhos.
Caiu um toró e ninguém via nada, mas o Peru achou um gol aos 44 do segundo, sem exagero.
Parecia enredo de filme. Acho que foi o mais próximo que o futebol chegou de Hollywood.
Sim, na Liga dos Campeões, houve jogos fantásticos. Sofreram muito também os torcedores de Munique e Milão.
Mas ontem, Diós estava sendo contestado, ganhava o jogo com sacrifício, e tomou o gol aos 44.
E, então, veio Palermo! Ele que, nos últimos anos, tem feito de tudo para apagar a imagem dos penais perdidos.
Procurei os vídeos no Youtube, mas, pelo menos nos que vi, a história acabava aí. Deixavam a cereja do bolo. Pois teve mais: um chutaço que bateu no travessão. Remate de Palacios do meio-campo.
Depois, a televisão disse que o gol de Palermo foi irregular e os comentaristas começaram as contas. Chegaram à conclusão: tudo é possível na quarta-feira!
Mas a Copa merece Messi.

Você conhece Willy DeVille?

3 comentários: