quinta-feira, outubro 08, 2009

A respeito de um gol olímpico

Certa vez, vi um documentário sobre o Arsenal.
Marcou-me muito o depoimento de um torcedor sobre David Seaman, já no final da carreira. Disse o torcedor: "Ele andou falhando ultimamente, mas, quando era bom, era ótimo".
Neste ano, alguns deslizes de Rogério Ceni me fizeram lembrar da frase.
Houve uma entrevista no começo da carreira em que RC afirmava que nunca seria o melhor goleiro do Brasil. De fato, de 97 pra cá, RC teve vários ótimos concorrentes: Taffarel, Dida, Marcos. Creio, contudo, que de 2006 a 2008 ele tenha sido merecedor do título.
Agora, numa fase de erros do goleiro-artilheiro, vê-se a recuperação de Marcos e a quase unanimidade em torno de Júlio César.
É possível que seja apenas um ano ruim na carreira de Ceni e que ele se recupere em 2010. Mas, se for o início do fim, que não seja tão doloroso quanto o de Seaman.

***

Enquanto isso, Muricy se prepara para erguer o título com três ou quatro rodadas de antecedência, como em 2007. Será que Diego Souza fará falta?