domingo, julho 10, 2011

Festa no Chiqueiro


Palmeiras goleia Santos em jogo tranquilo.

No Estádio do Pacaembú, assisti um jogo que tinha como principal destaque os desfalques dos dois times em campo.

O Santos, com jogadores cedidos à Seleção, o Palmeiras com jogadores suspensos, machucados e também cedidos à Seleção (Chilena) fizeram um clássico muito bom no primeiro tempo e simpático na segunda etapa.

O Palmeiras não precisou se esforçar muito para superar o frágil Santos dentro do Pacaembú. Apesar de articular boas jogadas, o Verdão não esconde a carência de um meio campo armador, pois em alguns instantes quem fazia esta função era o lateral direito Cicinho.

O placar elástico começou a ser construído com Maikon Leite, comemorando de maneira discreta o gol, logo após Maurício Ramos, o zagueiro artilheiro e fechando a fatura Patrick com um golaço colocando a bola no ângulo direito do arqueiro Rafael.

O segundo tempo foi mais ameno, com um jogo de comadre realizado pelas duas equipes. O Palmeiras administrando o placar e o Peixe tentando nadar um pouco mais rápido mas sem perigo algum à meta do Santo.

Coquistados 3 pontos, o time de Palestra assume a 4ª posição no Campeonato enquanto que o Peixe cola na zona do rebaixamento ocupando a 16ª posição.

Abraços,
Eduardo Vidoti Perlatti
Twitter: @eduvidoti

2 comentários:

Sidarta disse...

Grande cobertura de Na Cal neste final de semana. Só jogos bons para os nossos gostos.

Quem ganhar os jogos em casa e beliscar uns empates e vitórias fora, periga ser campeão!

Anônimo disse...

Se lê em muitos sites uma comparação equivalente entre os desfalques santistas e verdes para o clássico de domingo, o que de certa forma distorce a realidade das equipes. Enquanto Palmeiras perdeu alguns importantes jogadores, principalmente kléber e váldivia, este último alias nem vinha jogando, e qdo jogava, o fazia mal. Os demais desfalques verdes nem sem quem são ou o que fizeram na vida (lincoln e thiago heleno???).
Outra questão é qto as peças de reposição, das quais o palmeiras possui para estas vagas.
Do outro lado, o Santos não perdeu somente o trio Elano, Ganso e Neymar, mas perdeu todo seu ataque, Zé Eduardo e Maikon Leite, sem falar no próprio Keirrison, mais ainda: Jonathan, Alex Sandro e Adriano...todos que fizeram parte da conquista do TRi, Já são 9desfaques. É um time todo desmantelado e pior, sem peças de reposição, sem meio de campo nem ataque.
Isso sem falar a total perda de foco (que precisa acabar logo), natural de quem conquista um grande objetivo depois de meses exaustivos.
Pra mim, a vitória verde foi o mínimo que podia acontecer nessa situação.
O santos só será o santos novamente em agosto e olhe lá...mas vai chegar e incomodar, podem escrever.