terça-feira, janeiro 29, 2013

Dentinho na Turquia

A estreia de Dentinho pelo Besiktas já seria ofuscada pela grandeza do jogador que fazia seu debut no Galatarasay, Sneijder.
Vice-campeão na Copa de 2010, Sneijder é jogador de outro patamar, daquele que fica abaixo de Messi e Cristiano Ronaldo, mas acima de todos os outros. Por isso, nada mais natural do que a concentração dos holofotes nele e não no ex-corinthiano.
Dentinho nunca foi um craque. Aliás, se há uma falha que pode ser apontado no recente despertar do clube de Parque São Jorge, essa falha é o desinteresse pela base.
Mas falávamos de Dentinho. Houve uma época em que ele estava cotado - ou assim diziam as manchetes - para uma transferência para a Juventus. Definitivamente, Dentinho não é um jogador apropriado para a camisa que já foi de Platini e de Zidane. Diga-se, contudo, a seu favor, que a atualidade do futebol italiano não condiz com sua história e Bruno Bonfim (nome que Carpegiani insistia em tentar fazer pegar) não seria destoante numa série de elencos da Bota.
Depois de dois anos na Ucrânia, Dentinho encontra no Besiktas a chance de ser ídolo. Na Turquia, país fanático pelo futebol, o jogador que se dedica é recompensado pela torcida.
Veja só Felipe Melo. É o camisa 10 do Galatasaray. Ou seja, tem um cartaz que não tem no Brasil.
Foi ele, aliás, que ofuscou Sneijder no último fim de semana. E só saiu das manchetes após a notícia da contratação de Drogba pelo Galatasaray.
Boa sorte a Dentinho!


2 comentários:

GO-SCOUT disse...

Diga-se de passagem que Drogba ofuscará Sneijder, Felipe Melo, Dentinho e demais....grande contratação do Galatasaray!

Sidarta disse...

Deixar a Ucrânia é muito bom para deixar o degredo, mas é só meio caminho andado.

Sei lá, se ele quiser ir para o futebol francês ou português, estará mais perto.