quinta-feira, fevereiro 14, 2013

Galo Forte

Atlético Mineiro e São Paulo protagonizaram um grande jogo na última noite.
O Galo se valeu de seus grandes trunfos: a considerável sequência invicta dentro de casa e seu conjunto de jogadores experientes (Ronaldinho, Júnior César, Pierre, Victor), gente que não se abala durante a peleja.
Há, ainda, a favor do time mineiro o indiscutível entrosamento, que fez com que a diferença de número de partidas disputadas no ano - possível vantagem apontada por Ney Franco - não trouxesse nenhum benefício extra ao seu adversário.
O resultado foi condizente com o jogo: um primeiro tempo em que só o Galo conseguiu jogar, seguido de uma segunda etapa bem equilibrada e corrida.
Do lado do São Paulo, a busca por um sistema de jogo continua. Com a saída de Lucas, as jogadas pelos lados ficam sujeitas à irregularidade de Osvaldo.
E se Diego Tardelli praticamente nada fez e, de certa forma, compensou a inatividade de Osvaldo (principalmente na primeira metade da partida), Bernard foi muito superior a Douglas.
Além disso, a defesa tricolor continua vezeira em sofrer gols de cabeça e a bater a própria. Ontem, por exemplo, a pujança ofensiva do Galo recebeu belas colaborações de Wellington e Rhodolfo.
E não há como falar do jogo sem ressaltar a qualidade de Ronaldinho. O Gaúcho compensa nas bolas paradas e nas assistências a velocidade que perdeu. Além disso, é inteligente o bastante para se aproveitar das contantes desatenções das defesas brasileiras.
Ao fim da partida, percebe-se que o Atlético é um time muito mais pronto e que conta com boas opções no banco, como Gilberto Silva e Alecsandro.
Do lado do São Paulo, é preciso consertar defeitos na escalação e, provavelmente, mudar o esquema de jogo. Não seria despropositado pensar num 4-2-3-1 em que bons meias compensariam a ausência de legítimos pontas. Um conjunto possível: Rogério; Douglas, Lúcio, Toloi e Cortez; Denílson e Maicon; Jadson, Ganso e Cañete; Luís Fabiano.
Ontem, um empate era até possível. Contudo, seria enganoso para o São Paulo e frustrante para o Atlético.

2 comentários:

anderson-sono disse...

e ai mano! parabéns pelo blog pra vc e seus comparsas! abs sono! #forzajuve rumo a A1

Sidarta disse...

Rapaz, o Ned falou que o Ronaldinho só aproveitou as bobeadas do SPFC.

Não assisti ao jogo.

Mas o SPFC é um time coerente a um bom tempo.