domingo, setembro 08, 2013

E agora, paulistas?

Detentores de seis dos dez campeonatos brasileiros disputados por pontos corridos, os clubes paulistas vivem situação adversa no atual certame. Com cinco participantes (o maior contingente por estado), ocupam três vagas na zona do descenso e nenhuma no chamado G4.
A situação não é melhor na Série B: apenas o Palmeiras perfila entre os quatro primeiros. Terminado o primeiro turno das duas principais divisões do país, a projeção é pouca animadora: três clubes na série A de 2014. Com isso, paulistas seriam superados pelos cariocas no ano da Copa e empatariam com catarinenses e paranaenses.
É verdade que os cariocas tampouco fazem um campeonato brilhante, uma vez que três de seus representantes (Vasco, Flamengo e Fluminense) se acotovelam com os baianos entre o 11º e o 15º postos (Flamengo e Vasco com um jogo a menos neste instante). A presença do surpreendente Botafogo no primeiro pelotão, contudo, é suficiente para garantir a primazia sobre os rivais paulistas.
Com as cotas de televisão obtidas nos últimos contratos, era previsível que Corinthians e Flamengos sobrassem em relação a seus adversários, dando, vez por outra, alguma chance para São Paulo e Fluminense. Nenhum desses quatro, porém, figura na ponta da disputa de 2013. O Botafogo salva a representação carioca e divide o G4 com mineiros, paranaenses e gaúcho. Os times de São Paulo estão ainda pior: o mais bem colocado entre eles é o Corinthians que, a depender do resultado de hoje, será 5º ou 6º.
Meio campeonato está por disputar, a recuperação dos paulistas será agora?


Nunca é demais lembrar Leônidas.

s

Um comentário:

Anônimo disse...

È um reflexo da decadencia do futebol do Interior e do Paulistão como um todo. Os grandes não vivem um bom momento e não temos médios ou emergentes em destaque,em outras epocas mesmo que os grandes não estivessem bem tinhamos um Guarani, um São Caetano , uma Ponte ou Bragantino brigando pela ponta da Tabela.A divisão de Acesso do Paulistão ja foi a terceira média de publico entre os Campeonatos no Brasil ( o quadrangular final era disputado na Capital e cansei de ver o Pacaembu e o Palestra lotado para esses Jogos). O Acesso dos clubes era um marco para a cidade e a região. Hoje virou um campeonato mequetrefe ,com média de publico ridicula, dominado por times de empresarios, sem história e torcida, enquanto os clubes tradicionais do interior definham na terceira e quarta divisão, caminhando para uma morte Lenta.