terça-feira, setembro 02, 2014

Tudo azul

Na décima oitava rodada do certame parecia que a Chapecoense aprontaria novamente. Depois de vencer o São Paulo no Morumbi, a equipe catarinense preparava outra surpresa: abria o placar contra o Cruzeiro no Mineirão. O resultado, todos sabem, foi a virada e a vitória dos líderes por 4 a 2. No segundo tempo, a Raposa fez três gols em doze minutos. Depois, ainda levaria mais um dos catarinenses, aos 24 minutos; mas, para não dar chance ao adversário, ampliou no minuto seguinte.
Com isso, o Cruzeiro completa uma sequência de quatro vitórias. Esse número só é superado pelo Flamengo que, em ótima recuperação, enfileirou cinco êxitos sob o comando de Luxemburgo.
Antes da Chapecoense, o time de Marcelo Oliveira havia somado três pontos contra o Goiás, fora de casa, pela 17ª rodada. Gol de Marcelo Moreno. Nessa partida, aos 49 do segundo tempo, o time esmeraldino desperdiçou uma cobrança de pênalti.
Na 16ª rodada, a vítima foi o Grêmio. O gol da vitória saiu aos 40 minutos do segundo tempo: Dedé cruzou e Dagoberto cabeceou para as redes.
Na 15ª rodada, o Cruzeiro enfrentou o Santos. Marcelo Moreno abriu o placar no primeiro tempo. Na etapa final, Ricardo Goulart ampliou logo aos dois minutos. Moreno deixou o campo e seu substituto, Julio Baptista, ampliou e definiu o placar: 3 a 0.
Nessas quatro rodadas, o Cruzeiro contou com a força de seu ataque, com as opções do elenco, com os erros do adversário. E assim já chega aos 42 pontos e abre 8 sobre o segundo colocado.
Curiosamente, os cinco primeiros colocados não trocaram seus treinadores neste campeonato. O líder é o Cruzeiro que, embora não seja o clube com mais recursos disponíveis, soube gastar melhor, montou um elenco com boas opções e entrosado. Isso lhe garante a regularidade que seus rivais mais diretos não tiveram.
Basta ver que, apenas nas quatro últimas rodadas, o Corinthians empatou com o Bahia em casa, o Fluminense perdeu para a Chapecoense, o Internacional perdeu duas seguidas (São Paulo e Atlético Mineiro) e o São Paulo empatou com o Figueirense.
São percalços comuns num campeonato longo. O Cruzeiro, entretanto, vai se livrando desses tropeços. E se livrando dos adversários.

Em tempo: Até aqui, o Cruzeiro perdeu apenas duas: Corinthians e Galo, fora de casa, nas longínquas 4ª e 8ª rodadas.

Nenhum comentário: