quinta-feira, outubro 23, 2014

São Paulo passarinhou e o Cruzeiro passarinhará

Nesta semana, lembrei do poema do POEMINHA DO CONTRA a uma estressada com o trabalho.

Meu pai sempre colocou esse poema:

POEMINHA DO CONTRA

Todos estes que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão.
Eu passarinho!

Mario Quintana foi preciso com os nãos que levamos da vida. Não levar o não adiante é o melhor.

Indo para o gramado, o empate derrota do Tricolor paulista de ontem me trouxe esse poema de novo ao consciente. Não sei porque o inconsciente me mandou, mas não posso deixar de aproveitá-lo.

O São Paulo está fazendo questão de não aproveitar as chances que o Cruzeiro lhe oferece neste Brasileirão de 2014, ambos empataram

Após a 30a rodada, em 22/10, a classificação é

Cruzeiro  60 pontos
São Paulo 53 pontos

Se tivesse vencido, com o empate da Raposa Mineira, seria uma diferença de 5 pontos.

Os outros times não sofrem a mesma pressão por resultados que o SPFC passa.

Pode ser pelos títulos, ou simplesmente por inveja, os jornalistas da imprensa desportiva lideram esse querer persistente do time do Morumbi ganhar.

Muricy conta com craques, mas não se pode dizer que tem uma equipe com grandes jogadores em todas posições e também não há uma equipe bem entrosada ainda.

Pode ser que mais Brasileirão vá parar na Sala de Troféus mais bonita do Brasil, um título que daria uma Chave de Ouro a Ceni. Temos mais 8 rodas, 24 pontos em jogo.

O quadro que vejo é o SPFC que já passou e o Cruzeiro passará neste Brasileirão pelo jeito.

Quintana seguiu a vida passarinhando, o SPFC, com uma vaga na Libertadores, irá passarinho para 2015; mesmo sem um 7o Brasileiro, a sua vida segue bem vivida.



Nenhum comentário: