quinta-feira, fevereiro 22, 2007

Vi o segundo tempo do Barcelona


O Liverpool foi ao Camp Nou e ganhou do time de Ronaldinho Gaúcho ontem. Para mim, só o zaguerildo Puyol é mais antipático que o 10 do Barcelona. Gostei, bem feito papudos.

A mesma coisa que rola no Real Madrid, rola na Catalunha, os cara contratam todos os bons jogadores fora e os espanhois que ficam no time são considerados tão bons quanto os importados. Se os jogadores espanhois fossem bons, o time deles não faria o que faz em todas as Copas do Mundo. Não se esqueçam que a Real Federación Espanhola de Futbol é associada fundadora da FIFA. Já tiveram Copa lá e tudo.

Pode até ser que no jogo de volta, no Estádio de Anfield (o da foto), na Inglaterra, o Barça vire. Mas eu vou adorar vê-los irem embora cedinho da Liga dos Campeões.

A quem possa interessar, vale lembrar que o Liverpool é co-presidido por um tal de Tom Hicks. Qualquer semelhança não é pura coincidência. É o cara da HM Capital, antiga Hicks, Muse, Tate & Furst, que perdeu $$ por aqui, investindo em times e em campeonatos administrados amadoristicamente.

Capitalismo tem altos e baixos, o duro é quando os caras com capital passam sempre os baixos por aqui e vão voar alto lá fora.

Abraços,