sexta-feira, março 23, 2007

Os caipiras picarão peixe no Parque Antárctica

Na preliminar, é preciso que alguém que tenha cursado o 2o Grau, em qualqer escola no Brasil, avise aos torcedores do Santos que orca não é uma espécie pertencente ao conjunto dos peixes. As baleias comedoras de focas são da classe biológica Mammalia. O mascote do peixe deveria ser, efetivamente, um peixe.

O caipira picando fumo (original), 1898, de Almeida Júnior.

Domingo que vem o Santos Futebol Clube receberá o melhor time da nem tão progressista urbe Rio Claro, no campo do Palmeiras. O jogo está marcado para as 18 horas e 10 minutos.

Alguns críticos mais afoitos já poderiam estar a conjecturar sobre o título ou a minha montagem. Algo do gênero: ai, ai, mais um torcedor viajando na maionese. Um time que está na liderança isolada no Paulistão e já se classificou para as oitavas da Libertadores não tem como perder de um time sem tradição que não consegue sair de perto da zona de rebaixamento.

Podem pensar que sou lunático. Não tem problema nenhum. Há razoabilizade e racionalidade em meu ponto de vista.

Vejam:

O Rio Claro Futebol Clube está com um técnico novo que quer mostrar serviço. Toda a equipe está motivada e treinando duro para não ficarem na zona de reibaxamento. Não houve jogo do Agüinha no meio da semana. A torcida rioclarista estará lá. Eu vou.

Do outro lado do campo, observa-se-á um time desgastado pelas várias viagens através da América do Sul, em função das viagens necessárias à Libertadores. É muito duro um time manter o sucesso num campeonato local e o no sulamericano. Por mais que o discurso ensaiadinho pelos jogadores do Santos diga que não, um time que se classifica antecipadamente perde um pouco do ímpeto. A manutenção do primeiro lugar é importante, mas é algo bem mais secundário e nenhum time que quer ser campeão conta com isso para conquista de um título.

Bem, quem viver e for ao campo assistirá a um jogo emocionante. Quem ficar na tevê por cabo perderá um pouco da emoção; mas ainda assim, eu recomendo.

Abraços,