sábado, maio 05, 2007

Aplicações

Um amigo que tem dinheiro estava me explicando outro dia que os investimentos têm que ser dosados. Segundo ele, uma distribuição segura seria a de 2/3 sem risco e 1/3 com risco. Parece que isso se chama "portifólio".
Como não tenho dinheiro para aplicar, meu portifólio é futebolístico. Já faz um certo tempo que aplico minha torcida em três times. Dois deles quase não oferecem risco, Juventus e Portuguesa; o outro é a parte arriscada, São Paulo.
Sim, porque Juventus e Portuguesa dificilmente visam ao título, a preocupação normal é não cair. Assim, pode-se dizer que, na sua história, poucas vezes o investidor se frustrou.
Já o São Paulo sempre quer ganhar e isso não é possível. Embora normalmente dê bons rendimentos, alguns períodos como o de 94 a 2004, apresentam parcos dividendos.
Mas a boa notícia é que amanhã a Lusa pode fazer com que eu comemore o primeiro título da temporada.
Assim, convido todos os se deram mal nas aplicações com risco (palmeirenses, corinthianos, tricolores) para que prestigiem a final de amanhã. Às 10h, para começar bem o domingo. Na sua casa, pela ESPN, ou no Canindé.