segunda-feira, novembro 12, 2007

O Campeonato Islandês de futebol

A vida na Islândia é mais divertida do que parece. Um blog chamado Vida na Islândia elaborado por um brasileiro que lá vive mostra quão interessante pode ser habitar num dos países mais pitorescos do planeta. Vale a visita.

Quem quiser morar na Islândia não pode gostar muito de futebol. Todas as informações precisarão ser obtidas na internet. Estive lá em 2005 e as opiniões dos islandeses que conheci variavam entre o ódio e a total indiferença.

O blog traz uma postagem sobre a final do campeonato islandês do futebol. O autor alerta que nunca foi de gostar muito de futebol e não torcia para nenhum time no Brasil. Ele mostra as fotos da finalíssima tiradas da janela de seu apartamento. Notem que o estádio estava lotado, digno de uma final. Cerca de 500 espectadores (talvez 500 não pagantes, não sei). Além disso, é um programa de família. Os islandeses podem levar suas crianças a um jogo de futebol sem o risco de que elas se tornem fanáticas. Afinal, o castelo inflável montado atrás do gol é bem mais divertido do que um monte de marmanjo correndo atrás de uma bola durante uma hora e meia. Ao contrário do que acontece no Brasil, assistir a uma partida de futebol é um programa seguro para as crianças, pois o maior risco que elas correm é receberem uma bolada.

Para o Brasil, a Islândia, no futebol, é lembrada por ser a última partida da seleção em território nacional antes da conquista do tetra (em Florianópolis, 3X0). Também, salvo engano, foi contra a Islândia que Ronaldo, o fenômeno, fez o seu primeiro gol com a amarelinha.

No mais, a Islândia jamais disputou a Copa do Mundo. O Hafnafjördur foi eliminado daLiga dos Campões na segunda eliminatória. Sequer chegou perto. As notícias que chegam é que a Islândia está fora da Euro 2008. Está com apenas 8 pontos no Grupo F, na frente apenas de Liechtenstein.

O futebol islandês ficou mais triste com a recente morte de Elíasson, talvez o maior jogador da história.

Ainda chegará o dia que o futebol contagiará o povo islandês. Por enquanto, parabéns ao Valür, campeão islandês de 2007!