quinta-feira, junho 26, 2008

Sem tempo, sem internet e sem futebol...

Em julho, na pior das hipóses em Agosto, você que sente a minha falta poderá aplacar a sua dor.

Assisti à derrota da Holanda e à vitória da Espanha. Não sou muito chegado em comentar futebol alienígena, mas vamos lá!

O tal futebol pra frente, moderno, que ouvi da boca de vários comentadores eu não vi. Os times não cruzavam e não chutavam pro gol. Fazer jogadas envolventes, tabelinhas, dribles, típicos do que eu conheço de jogar no ataque não vi.

Afinal, não dá pra assobiar e e chupar cana ao mesmo tempo. Pra um time ter um Robinho, tem de ter um carregador de piano. Fora disso, é a quadratura do círculo.


O Nilton Santos é um dos Deuses que podem ter assobiado e chupado cana. O Canhota de 70 é outro, segundo ouço falar. Mas não é bom seguir uma fé muito cheia de Deuses, esses estão bom.

Equilibrar o talento e a marcação entre vários jogadores especializados ou em um grupo de jogadores mais homogêneos é a tarefa de um técnico. Pelo visto, o Anão não tem esse talento inato. Quem sabe amanhã o cara desenvolva essa capacidade.

Abraços,