domingo, agosto 17, 2008

Segunda Chance

Consultando os jornais romenos para verificar a repercussão das medalhas de ouro na ginástica e na maratona, surpreendeu-me encontrar, com grande destaque, uma entrevista com Ronaldinho Gaúcho acerca dos jogos de Pequim.
Um dos pontos enfatizados na conversa é quando o jogador do Milan diz estar bastante feliz com a chance de participar pela segunda vez dos Jogos, ressaltando ser pequeno o número de jogadores que teve tal oportunidade.
De fato, ter uma segunda chance de acertar é difícil. Mesmo assim, às vezes o erro se repete. Os exemplos estão por aí e fazem parte da história dos esportes.
Marta, Ronaldinho e Dunga têm sua segunda tentativa. Alguém conseguirá?
A torcida por Marta começa amanhã.