sexta-feira, setembro 12, 2008

Fiz bem ficar quieto

A inesperada quarta-feira foi adequada aos meus desejos.

Fiquei com vontade de falar que a vitória contra o Chile era ouro de tolo, mas achei melhor ficar quietinho.

Há o ditado popular: quem cala; consente!

Eu acho que esse dito pode ser aplicado pela molecada. Mas quando fico calado, simplesmente não falei nada. Portanto, nem consenti e nem discordei com o Anão. Resignei-me.

A marionete que comanda a Seleção é um simples joguete do Ricardo Teixeira. Até onde isso vai, não sei. Mas eu torço que acabe o quanto antes.

Abraços,