quinta-feira, fevereiro 26, 2009

Oscar de Ator Coadjuvante para o São Caetano

Coadjuvar é a sina do Azulão pelo jeito. Ontem eu assisti ao jogo entre São Caetano e Palmeiras lá no ABC pela televisão (http://www.gazetaesportiva.net/nota/2009/02/25/563930.html).
 
Como todos os não palmeirenses, fiquei bem impressionado com os dois gols que o time do Vadão e achei que seria difícil ver uma virada verde.
 
Errei feio para a felicidade dos meus muitos vizinhos parmeristas.
 
O São Caetano foi me apresentado como um time retranqueiro, bem fechadinho na sua defesa, que seria muito complicado para o Palmeiras vencê-lo. Não dá para acreditar mesmo nessa nossa imprensa mesmo..rs..
 
Não sei se é algo congênito que não há nada a se fazer a não ser suportar o fado. Mas o Azulão tem de sair desse papel de degrau. Talvez, o fato dele não ter ganhado aquela Libertadores de 2002 (http://pt.wikipedia.org/wiki/Ta%C3%A7a_Libertadores_da_Am%C3%A9rica_de_2002) tenha definido de vez a casta desse time.
 
De qualquer forma, eu acredito que seria uma ação válida e necessária formar uma comissão interreligiosa, vários credos, para expulsar esse encosto que teima em não sair do Anacleto Campanella.
 
Em inglês é a até mais interessante: Support Actor. O São Caetano se faz de degrau, suporta, só ajuda os grandes. Pode ser que esta seja a missão.
 
Mas, por enquanto, prefiro acreditar que seja um super mau olhado que atrapalha a vida desse time.
 
Abraços,