quinta-feira, setembro 06, 2012

O Segundo Pelotão

Dos duelos entre as equipes do segundo pelotão do campeonato, quem teve melhor aproveitamento foi o Botafogo.
De virada, com Seedorf marcando dois gols e fazendo ótimo lançamento para o terceiro, de Jádson, o Glorioso igualou a pontuação do Cruzeiro e mantém distância razoável do G-4 (cinco pontos).
O Cruzeiro, com a derrota, não se afastou muito, mas perdeu oportunidade única de se consolidar na caça ao Vasco e de alijar o próprio Botafogo da disputa.
No Morumbi quase vazio, Dagoberto marcou mais uma vez. Quase um ano depois da festa preparada para Rogério Ceni no último 7 de setembro, o atacante agora anotou contra o arqueiro, que alguns dizem ser seu desafeto. Maicon empatou. E, depois disso, o mandante atacou sem sucesso e escapou da marcação de um pênalti a favor do Colorado no último minuto.
Ao final do primeiro tempo, Ceni e Dagoberto trocaram camisas em clima aparentemente amistoso.
O tempo segue e acalma ânimos, diminui ímpetos.
Mais ou menos como parece acontecer com Internacional e São Paulo, que veem suas possibilidades de entrada no pelotão de frente se esvaindo com o correr das rodadas.



Um comentário:

Sidarta disse...

Quero ver até quando o futebol de classes sociais capitalistas clássicas não se tornará uma sociedade estamental.

É engraçado ver essa inversão da teoria social.