segunda-feira, agosto 07, 2006

Há dez anos

Há dez anos, no dia 08 exatamente, começava o campeonato brasileiro de 1996.
O São Paulo era um dos favoritos. A Diretoria prometia um esquadrão tão forte com o de alguns anos atrás e contratou reforços de peso: Müller, Adriano e Parreira.
O Palmeiras era um dos favoritos. Afinal, acabava de conquistar o Paulista e o famoso ataque dos 100 gols aterrorizava qualquer adversário.
O Santos era um dos favoritos. Só não fora campeão brasileiro no ano anterior por causa de Márcio Rezende de Freitas, mas prometira não deixar o título escapar este ano.
O Corinthians era um dos favoritos. Após a decepção na Libertadores, o título do Brasileirão era o único consolo para a Fiel.

Os melhores paulistas em 1996: Portuguesa e Guarani...

***
Naquele ano, Portuguesa e Atlético-MG fizeram uma emocionante semi-final. A classificação da Lusa veio em pleno Mineirão. Neste ano, o Galo deu um troco. Venceu a Lusa de virada no jogo dos desesperados da Série B
***
O Brasileiro de 1996 teve a participação de 24 times. Na primeira fase, todos se enfrentaram em turno único. Os oito melhores se classificaram para os "mata-matas". Uma curiosidade para quem não gosta do sistema de pontos corridos: dos classificados, os quatro melhores (1 Cruzeiro, 2 Guarani, 3 Palmeiras e 4 Atlético-PR) enfrentaram os quatro últimos classificados ( 8 Portuguesa, 7 Goiás, 6 Grêmio e 5 Atlético-MG) com a "vantagem" de fazer o segundo jogo em casa, mas perderam de 3 no primeiro jogo e o 1X0 da volta não foi suficiente.
Também foi naquele ano que Renato Gaúcho assumiu o Fluminenses e garantiu que correria pelado na Praia de Ipanema se o time caísse. O Tricolor Carioca terminou em penúltimo e Renato Gaúcho manteve sua promessa: correria pelado assim que recebesse a tabela da Série B com os jogos do Fluminense. No final, todos sabem, o Fluminense continuou na série A e Renato Gaúcho ainda é um homem de palavra.

Alguém tem saudades daqueles tempos?