quarta-feira, novembro 22, 2006

Linha Editorial do blogue Na Cal



Este blogue foi criado dentro de um grupo de amigos que fizeram faculdade juntos. Sentavamos, quando iamos, juntos na mesma sala (isso mesmo, lá na facu ainda há salas bem ao estilo coimbrão), mantivemos a amizade e o contato após o término do curso. Assim, decidimos colocar aqui no Na Cal um pouco das nossas conversas e opiniões sobre futebol.

Há todo um mundo novo na rede mundial de computadores que está sendo construido agora. São enormes as potencialidades e muitos os caminhos a serem traçados. Contudo, o Na Cal é um projeto modesto que se destina a ser um espaço para quebrar um pouco com a mesmice que os comentaristas esportivos produzem. A idéia é ser sempre Davi, sem propagandas, sem vinculações ou troca de favores e independentes. Futebol pode ser misturado com tudo o que o ser humano produz, não limites para as correlações a serem feitas. Contudo, os textos do Na Cal hão de sempre passar pelas quadro linhas dos campos de futebol de alguma forma.

Ao lado dos textos mais abertos que ligam o futebol à tudo o que é das mulheres e dos homens, há uma segunda linha, mais trabalhosa, de tentar trazer temas diferentes desse mundo particular para o seleto público do Na Cal. São reportagens especiais, como a já produzida sobre o Azulão. O resgate histórico também terá espaço neste blogue, com entrevistas com jogadores que moram na Cidade de São Paulo. Como não temos o objetivo de superarmos as empresas de algum Cidadão Kane, nossos bate-papo com os boleiros ficaram restritos à urbe que habitamos.

Todo blogue é um canal de comunicação mais democrático com seus leitores, os comentários são a grande arma que vocês têm para criticar, intereferir ou participar do que é escrito. Diferentemente dos informativos televisivos, impressos ou irradiados, aqui há possibilidades do indivíduo dar o seu pitaco. Talvez em função dos textos serem um pouco longos ou muito chatos, ainda haverá progressos nessa seara, há mais visitantes do que visitantes-comentaristas. Fica o convite para que participem.

Abraços,