sexta-feira, junho 15, 2007

Dunga, o anão na corda bamba

É muito interessante ver as manchetes dos diferentes grandes veículos de comunicação tratam do tema Seleção Brasileira. Dê uma olhada:

Dunga não dá entrevistas para evitar maior desgaste (do Estadão)
Técnico está sendo preservado para evitar que o desgaste pelas críticas dos últimos dias a Robinho e Zé Roberto aumente e transforme caso em problema

Robinho treina com o Real Madrid
Guerra entre a CBF e o Real Madri pela liberação do jogador continua (da Globo)

Júlio Baptista se apresenta à seleção e já treina na Granja Comary (da Folha)

Será que a Folha acha que tá tudo resolvido entre Real, CBF e FIFA? A Globo é uma empresa de entretenimento. A sua área de jornalismo não pode criticar uma novela, por exemplo. Quando os interesses globais não estão em jogo, o departamento de jornalismo dos Marinho costuma mostrar o quanto pode ser bom -- a notícia do escrito anterior dá uma idéia.

Caro leitor não-paulista do Na Cal, estou sendo muito são paulo-cêntrico? Conto com a sua crítica.

Na Blogosfera, tou exagerando nisso, vi algumas posições interessantes:

No Mando de Campo, Silas coloca que "(...)o Campeonato Espanhol, que (Robinho) contribuiu para que seu time brigasse pelo título, está em vias de uma decisão final é mais importante que uma Copa América recheada de seleções ruins." Pois, o blogueiro sustenta, com certa razão, que "Seleção não é dever patriótico, dever patriótico é votar, (...) cobrar dos políticos que cumpram suas tarefas corretamente e com transparência, pagar impostos, respeitar as leis, entre outros...". Eu concordo em partes, discordo sem desarmonizar.

Futebol é o grande símbolo nacional brasileiro. Acho que tem de cumprir as leis que não são cumpridas, mas não dá pra deixar de dar importância à Seleção. Não são, enfim, para mim, excludentes.

O Jefferson cortaria o Robinho se fosse o Dunga. Eu acho que ele só poderia cortar alguém de verdade mesmo se fosse o Ricardo Texeira ou o representante da Nike.

Achei interessante a lembrança que o Claudio Nicolae fez do o Alex, ex-cruzeiro que está na Turquia. O cara é bom de bola e foi campeão lá também.

Não concordo com o Marquinho. Mas já ouvi várias pessoas falarem o que ele, após falar que adora futebol e seleção, coloca:

"Agora, sinceramente: quem ainda tem saco pra acompanhar a Seleção da CBF? Alguém aqui lembra quando foi o último jogo aqui no Brasil? Onde, contra quem? E agora, essa turnê, essa convocação do Dunga (babaca!)? Quem aguenta, se interessa? Não consigo ver algo mais entediante e banalizado.
CBF, Ricardo Teixeira (babaca!), empresários de jogadores, Nike& etc: nos vemos em 2010, África do Sul. Reservo pra vocês um mês a cada quatro anos e já tá de bom tamanho !
"

Tem de acompanhar criticamente, acho.

O R.C.M., no seu Inteligência BARtificial encerrou o assunto muito bem:

"Nós estamos tão preocupados que não sabemos nem quem foi convocado, nem os dias dos jogos. Falando nisso: Bigode, não esquece de colocar um aviso na porta no dia do jogo. (Seleção em campo é mais uma desculpa pra tomar umas)

Ô Bigode! Pendura esse rabo de galo que eu pago no dia do jogo.
"

Com ou sem Dunga, tomarei umas geladas com os amigos.

Abraços,

5 comentários:

Rafael disse...

Valeu a citação Sidarta!!! Já virei frequentador do Na Cal, muito bom!
Afinal, futebol é papo de boteco!
Abs.

inteligenciabartificial.blogspot.com

Arthur Virgílio disse...

Já enviei o logo do blog para o seu e-mail.

Silas Gavetti disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Silas Gavetti disse...

Sidarta, agradeço muito sua citação.
Confesso que não conhecia seu trabalho aqui e gostei muito. Achei bem interessante você colher informações em outros blogs por ai, e me sinto honrado de, com 2 dias de blog, já ver reconhecimento.
Voltarei aqui, e espero poder ver você lá no mando de campo também.
Abraços.

Danilo Damasceno disse...

Sidarta fiquei feliz de não haver nenhum problema!Essa sua ideia de unir blogs ja virou lei você tem que fazer sempre!Creio que o balcão de negocios Seleção Brasileira, perdeu muito nesta queda de braço vencido pelo Real Madri, acho que a familia dos sete anões espertos tem que se tornar novamente uma seleção de futebol, porque se não muita gente vai perder na seleção aquela alegria de vibrar torcer e apaixonar pelo futebol canarinho!Abraço