segunda-feira, outubro 29, 2007

Mas há uma revolução capitalista no futebol do Brasil?


No começo da madrugada de hoje, li a entrevista que o Armínio Fraga deu ao Estadão:

'Há uma revolução capitalista no Brasil'


O cerne do que o cara defende é:

CENÁRIO: “É provável que a economia mundial desacelere um pouco. Mas a turbulência deve ser passageira”
CAIXA DOIS: “Havia medo de investir em empresas por causa de má gestão ou fraude, mas o País está evoluindo”
SALTO: “A estabilidade econômica e a mudança de cultura marcam a chegada definitiva do capitalismo no Brasil”



Não sei se é o meu coração que teima em não amadurecer. O mais ponderado é aceitar que o mais provável é que o Brasil continue a ser o Brasil sempre foi. Mas, de qualquer forma, lembrei-me do México novamente. Em especial do futebol abonado daquele país.

Pois, se o ex-Presidente do Banco Central do Brasil estiver certo, este novo arranjo produtivo que se instala por aqui vai precisar de instituições mais sérias. Não dá para americano colocar o rico dinheiro dos seus fundos de pensão por aqui sem que haja segurança de que algum gatuno irá passar a mão na sua aposentadoria.

Se houver uma disseminação do conceito que a lei deve ser respeitada porque é o melhor para cada um; as palhaçadas do mundo futebolístico tenderiam a acabar mais cedo ou mais tarde.

A Copa de 2014 poderia ser o último capítulo da pouco gloriosa maneira como é administrado o nosso futebol. Algo novo como uma CPI que levasse os criminosos de colarinho branco para a cadeia seria muito delirante. Mas se as torneiras que enchem os bolsos corruptos forem fechadas em virtude de um superfaturamento na reforma de algum Morumbi já seria algo muito bom.

E olhe que o Brasil não está tão longe assim da realidade econômica mexicana:











BRASIL

MÉXICO

PIB 2006947.500835.600
PIB PER CAPITA 2004US$ 8.195US$ 9.803
EXPORTAÇÕES 2006US$ 137.471 milhõesUS$ 250.292 milhões
IMPORTAÇÕES 2006US$ 91.331 milhõesUS$ 256.131 milhões
IDH 20040,7920,821
DÉFICIT FISCAL/PIB (em %) Estimativas de 20072,50,0
DÍVIDA PÚBLICA/PIB (em %) Estimativas de 20074522
CARGA TRIBUTÁRIA/PIB (em %)Estimativas de junho de 20073710
JUROS REAIS (em %) Estimativas de junho de 200712,03,5
Fonte



Como há o dado que o futebol brasileiro jogado nos nossos campos movimenta, por ano, R$ 600 milhões e o mexicano R$ 1 bilhão (mais detalhes no Blog do Juca). Não há como não juntar os nossos craques ao dinheiro que o economista fala que virá e sonhar acordado um pouco.

Sei que já tinha falado isto tudo no texto Com o Real forte o Brasileirão vai ter de ser exportado para todo o Mundo. Mas preciso me lembrar sempre que a nossa realidade não é atávica como parece que é.

Abraços,