sábado, fevereiro 16, 2008

Olhe o Fielzão ai de novo!!!

Nem ia escrever nada hoje, já tava a desligar o Micro, quando resolvi dar uma olhada nas notícias. Na primeira página do sítio Estadão encontro a chamada:

Revelado o projeto do novo estádio do Corinthians

SÃO PAULO - O JT teve acesso ao projeto do estádio do Corinthians - todo em negro, com direito a 52 mil torcedores em plena marginal Tietê. O mentor do projeto de R$ 350 milhões é o conselheiro Edgard Soares. Se tudo der certo, começará a ser construído em outubro e a data sonhada para a entrega é 1º de setembro de 2010, quando o clube completará 100 anos.



A Prefeitura de São Paulo, o Palmeiras e o São Paulo também apresentaram projetos de Estádio com o objetivo aberto ou velado de serem estádios usados na Copa.

O blogueiro Bruno Hoffman questiona se a ida do Lulinha pro Palmeiras seria alguma ação presidencial rumo um próximo mandato qualquer (presidente de rua, bairro... ou pro PT), se é um simples estágio do profissional ou, a melhor, o presidente o mandou para dar um jeito de contundir alguns palmeirenses e prejudicar o time paulista arqui-rival do Corinthians.

Acho que o com o Lulinha -- não o da telemar e gamecorp -- na equipe, fica mais fácil, por exemplo, conseguir uma verba pra um estádio novo. Jogos da Copa de 2014 no Palestra não é algo que este blogueiro inventou. Por exemplo, veja o que o sítio Muda Palmeiras escreve:

Por exemplo, até aproveitando a idéia de ser sede da Itália na Copa de 2014, o Palmeiras poderia buscar parceiros em empresas italianas.

Por tanto, acho que se o Corinthians realmente quer assegurar um Estádio moderno, poderia seguir o exemplo de São Paulo e Palmeiras, que contrate um familiar do Presidente. Não afirmo que uma ação desse tipo seria algo de estirpe pouco republicana; mas, dentro da legalidade, ajudaria a, diga-se, orientar algum juízo discricionário lá em Brasília.

Abraços,