sábado, outubro 18, 2008

Futebol é comunicação

Caro leitor, você é uma pessoa especial para mim porque gosta de futebol.

Mas você já percebeu que a gente fala e escuta sobre futebol muito do que assiste e joga? Com o passar dos anos esse fenômeno se acentua. Quem nunca contou ou ouviu dos amigos algumas histórias de partidas, campeonatos e títulos de um passado qualquer?

Eu mesmo já escrevi aqui sobre o futebol que joguei na infância com um dos leitores deste blogue -- mas tou com preguiça de procurar esses textos.

Todo esse papinho furado aqui no Na Cal é pra apresentar uma novidade na rede mundial de computadores que gostei muito -- agora há uma página do Dicionário Caldas Aulete com serviços gratuitos.

Eu sempre consultava um dicionário lá de Portugual, o Língua Portuguesa On-Line, mas é melhor um brasileiro. Também tem o Wikcionário, que as vezes consulto.

Eu sei que quem fala sobre futebol não deve utilizar uma linguagem super-ultra-escorreita, mas não doi dar uma olhadela num pai dos burros de quando em quando para tirar alguma dúvida as vezes.

Pois, no final das contas, é a força da palavra que mantém a magia do futebol viva. Acho que é mais fácil descrever uma grande jogada com palavras do que com mímica ou somente expressão facial.

Abraços,