segunda-feira, junho 08, 2009

Uruguay 0 x 4 Brasil que não vi

No sabadão passado, só peguei o finalzinho do jogo do Uruguay e Brasil. Só vi o gol de penalty. Tentei assistir pelas duas emissoras de canais abertos, mas tava complicado ouvi o restinho da peleja. Os dois narradores estavam a puxar tanto o saco do anão que não teve jeito; assisti sem som mesmo o quarto final com o gol de penalty.

A princípio, eu não podia falar que um 4 a 0 que não assisti seria isso ou aquilo.

Então, guardei o fôlego, vi os gols faltavam depois e conversei com as bases. Agora é hora de dar o meu pitaco. Antes, só para você não achar que estou a viajar demais, eis os gols.

O primeiro gol foi um frangasso do goleirão!

O segundo foi um franguinho coletivo do time!

O terceiro, esse sim, foi um gol de time bão! Um marcado e não levado como os demais.

E o quarto, que eu assisti, foi fruto de uma penalidade máxima bobinha, bobinha... Ou seja, mais um levado pelos da Celeste.

Ou seja, toda aquela onda que os locutores estavam a fazer durante o jogo é muita espuma pra pouco choppe. Pelo menos, tenho essa impressão daqui de trás deste pc.

Por outro lado, futebol é o futebol porque o fator sorte é bem mais presente que no volei ou no basquete. Então, se o anão tá numa boa fase, não há muito o que hacer.

Veja algumas reações dos blogueiros uruguaios:

No Blog Carbonero:
El ataque no funcionó, a diferencia de la defensa que no existió y el mediocampo que no mediocampeó (?)

No Palo Habilita:
Por favor, el sábado por la tarde se perdieron un par de manos en la zona del Parque Batlle (Parque onde fica o Centenário), la última vuelta que se vieron fue haciendo el baile del “Koala Marengo” y luego de eso han desaparecido.

Ou seja, o povo cisplatino também não viu algo muito diferente do que vi.

Abraços,