quarta-feira, janeiro 06, 2010

Haiti e o Mundo torcem pelo Brasil


O Na Cal tem enviados espalhados pelos Continentes da Terra, acabo de receber o relatório de um dos obreiros deste blogue que passou uns dias em terras estadunidenses um pouco antes do natal.

O cara pegou um taxi em Miami e o motorista não mandava bem no inglês e nem no espanhol, então o nosso informante multiglota mandou um francês e conseguiu uma via aberta de comunicação com o taxista, que é haitiano. A língua francesa criou uma empatia entre os dois e que foi turbinada pela nacionalidade brasileira.

De volta pro cab, o nosso enviado cutucou o taxista a respeito da presença de tropas brasileiras lá no seu país e, para a surpresa do cutucador, viu um sorriso no rosto do haitiano. O cara tava satisfeito em ter soldados brasileiros e de não ter os americanos lá na terra dele. Elogiou nosso exército. Isso foi totalmente inesperado pelo lado brasileiro do papo.

No entanto, o maior absurdamento na conversa no taxi foi a seguinte fala:

-- No Haiti, todos torcem pelo Brasil! Quando o Brasil ganha, nós ganhamos!


No futebol, o Brasil faz a décadas o que sempre tentou fazer na política internacional e nunca conseguiu. Somos amados e respeitados Mundo a fora.

É claro que se pode falar que o Lula estaria fazer o que o futebol já faz a muito tempo. Contudo, falta ao atual presidente do Brasil os títulos que o futebol tem. Não rolou cadeira no Conselho de Segurança da ONU, nem a eleição de Diretor Geral da OMC e outras contendas que Lula tentou e não se deu bem.

Pra quem sabe que o Pelé parou uma Guerra na África, no final dos anos 60, faz todo sentido um haitiano dizer que torce pelo Brasil.

Aquele jogo da Seleção brasileira contra a do Haiti lá movimentou a blogosfera futeboleira verde-amarela, mas a maioria só ficou na espuma do jogo ou da conjuntura política daquele País, inclusive por aqui. Não vi ninguém ver muito além.

A muito tempo atrás, antes do Na Cal, dois brasileiros me contaram que ficaram espantados ao terem visto um garoto com uma camiseta do ronaldinho gaúcho num lugar lá pros lados da conchinchina.

Ao falar que é brasileiro, você pode receber um sorriso em terras alienígenas em função do que nossos jogadores fazem dentro dos gramados.

Abraços,

2 comentários:

Edson disse...

O cara, valeu a citação, gostei do teu post também, muito bom,
Edson José
http://ednene.wordpress.com

Moises Rabelo disse...

ótima história, olha esse widget sobre mega sena, o que acha de colocar no seu blog? http://dicadedica.blogspot.com/2010/01/hack-gerador-de-numeros-mega-sena.html