quarta-feira, setembro 13, 2006

Tibete já é livre no FUTEBOL

O Tibete já foi um reino soberano durante muitos séculos, nos milênios passados, e tem uma língua, uma cultura e uma religião próprios que os diferem claramente da China invasora.

uma grande luta política que se dá em várias frentes: religiosa, cultural e futebolístiva-esportiva.

Isso mesmo, o Tibete tem sim a sua seleção nacional de futebol:


O time do Dalai, como tudo o que se refere a um Tibete livre, também sofreu e sofre um forte pressão contrária da diplomacia Chinesa, dentro da perspectiva desta luta pela Independência. O Estado Chinês tentou impedir o 1o amistoso internacional do time Tibetano contra a seleção da Groenlândia, por exemplo.

Mas os invasores perderam mais uma neste ano. A grande seleção do Tibete participou de uma Copa do Mundo Paralela, na Alemanha, a FIFI Wild Cup. Da qual particuparam as seleções do Tibete, Gibraltar, Groenlândia, Zanzibar, Cipre do Norte e República de São Paulo. Onde estava a impressa brasileira que não deu nem uma notinha deste evento grandioso?!

O futebol jogado nas alturas tibetanas também já foi tema do filme A Copa. Eu gostei deste filme, é uma comédia leve que mostra um pouco da cultura dos monges, vejam a sinópse, em português.

Acho que vou mandar uma mensagem eletrônica pro Blatter da FIFA e perguntar por que o Tibete ainda não foi aceito como membro da entidade. Se até o País de Gales e Liechtenstein são, por que não aceitar o País do Dalai?

Abração,