segunda-feira, outubro 16, 2006

Apesar das complicações de seus meias-ofensivos e atacantes, o reserva Lenílson é o artilheiro neste Brasileirão, o Tricolor abriu mais um pouquinho a distância que o separa do rebolo que também vai à Libertadores. Neste final de semana, foi a vez do Peixe dar a sua contribuição ao provável título do São Paulo Futebol Clube.

Mas como o Santos não foi o único segundo lugar que está auxiliar ao SPFC ao longo desta duradoura liderança, não posso deixar de prestar as justas e devidas homenagens ao demais coadjuvantes do espetáculo tricolor:

1º) Após a Conquista da Libertadotes, ao que tudo indica, o Inter está focadíssimo só em seus jogos no Japão. Em meados de Julho, o Colorado Gaúcho, deixa de ganhar umas partidinhas e dá a liderança ao time do Morumbi (que não largou desde então!). Mas até o meio de Agosto, quando deixa a vice que já dividia com o Paraná, o Campeão da Libertadores faz questão de só ganhar nas rodadas que o Tricolor ganha. Quando o São Paulo perde e empata alguns jogos na seqüência, o Inter tem a elegância de só perder e empartar. Há que se lembrar, também, que no dia 10/9 o agora Internacional esteve em 2º por uma única rodada, mas perdeu ou empatou seus jogos seguintes e não ameaça mais.

2º) Paraná Clube, o time do Onaireves de saudosa memória, também cumpriu bem a coadjuvação neste ano. Um pouco mais curta que a do Inter, só foi do comecinho de Agosto até um pouco antes do final mês do cachorro louco. Mas é praticamente a mesma coisa: quase belisca a liderança, ficou a só 1 pontinho em 20/8; contudo, depois entra naquele perde, empata e ganha que é bom para ir para Libertadores e só. Pro elenco deles, estará ótimo.

3º) O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense esteve,recentemente, por um longo período e, agora, retorna à Vice-Liderança. Perdeu jogos importantes no final do mês passado e no começo deste. Quando perdeu para o Goiás e para o Santos fora de casa não fez a gordura necessária para um disputa de título.

4º) Santos Futebol Clube, só pra ser mais direto, vejam: 17/9, perde para a Ponte; 20/9, empata em casa com o Flamengo (deveria valer -1!); ganha de Grêmio e MSI e seguida; agora, nessa última rodada, perde para o grande Botafogo-Botafogo. Dos últimos 15 pontos disputados, ganhou só 7. Até o Professor Luxa já não tem esperanças.

Enfim, estou, praticamente, sem palavras à altura dos gestos desses times que muito contribuiram para esta larga liderança do Tricolor paulistano tem tão perto do final do Campeotanto Brasileiro de 2006. De qualquer forma, meu muito obrigado pelos fundamentais empates e derrotas que estes plantéis tão magnanimamentes ofereceram ao São Paulo e aos seus torcedores que fizeram o maior público do brasileirão neste último sábado.

Abraços