sábado, março 10, 2007

Raridades

Sábado passado, assisti a Juventus x São Paulo. Foi no Pacaembu. Um jogo em que o São Paulo errou e o Moleque mais ainda. Ficamos (estava junto com Lucas, o colunista ausente,e Rodrigo, o atleticano) no tobogã e contamos com uma temperatura um pouco menos árida do que a habitual. Saímos do jogo às 20h e ainda tivemos disposição para um jantar.
E então me perguntei: por que os jogos são às 16h num calor desses?
Ir ao futebol no sábado com um jogo às 16h faz com que o cidadão perca o seu dia. Acrescente-se a isso que muitas vezes (a maioria)a viagem é até o Morumbi.
Ou seja, um jogo como o de sábado é uma verdadeira raridade.
Raro também é o alvoroço que a visita de Jorge Arbusto causou. Poucas vezes vi um cidadão tão rejeitado nas ruas. Acho que perto disso só chegaram Zagallo e Parreira.
Mais a grande raridade que quero noticiar é o jogo do próximo dia 18: Lusa x Nacional. O confronto não é realizado no Paulista desde a queda do time da Comendador, ele se vai um tempão. Ouvi falar em meio século, mas prefiro confirmar.
Pena que o jogo não será no escondido Nicolau Alayon. Mas vale a pena ver o time da antiga São Paulo Railway.