quarta-feira, junho 17, 2009

Contra o Brasil não marcariam - Disse-me o Juizão-Taxista

Ontem o dia foi bem paulistano. Teve Av. Paulista, Zona Lost, o Juizão-Taxista e, pra completar, novos artistas das artes visuais.

O ponto alto, do ponto de vista futebolístico, é claro, foi o bate-papo com o Juizão-Taxista lá da Zona Lost, o cara me levou à Av. Sapopemba.

Sua rotina de trabalho é ser taxista de segunda à quinta-feira pelas ruas paulistanas e, de sábado a domingo, é juiz de futebol de salão. O cara me contou que apita no nosso Nacional. Nada como bater um bom papo descontraído por ai para ouvir boas histórias.

É claro que não só conversamos sobre futebol. Encontramos a solução para o trânsito de São Paulo e das outras grandes cidades brasileiras; para as crianças...

Mas 0 ponto alto da tertúlia foi a conclusão do Juizão-Taxista:

-- Contra o Brasil, não marcariam aquele penalty!


O cara foi direto ao ponto e acertou a síntese daquela partida entre Brasil e Egito. Mostrou que conhece bem do assunto.

Abraços,