domingo, janeiro 30, 2011

O ex-inimigo

A contratação de Rivaldo pelo São Paulo fez muita gente lembrar da vinda do Rei de Roma para o tricolor em 1985. Sobre isso, nosso colaborador Lucas já desfilou sua memória ludopédica.
Sinceramente, confesso que minha lembrança foi outra, de episódio mais recente: o de Renato Gaúcho e sua passagem (?) pelo Morumbi.
Renato já havia brilhado por dois tricolores - o gaúcho e o carioca - e foi apresentado como novo reforço em 1997, reeditando a tradição de providenciar o canto do cisne de grandes jogadores.
Haveria apenas um obstáculo: a figura de Telê Santana. Mas esse impedimento foi transposto, quando Renato beijou a cabeça do Velho Mestre durante um jogo no Morumbi. Telê escreveu um belo texto em sua coluna na Folha de São Paulo dedicado ao episódio, intitulado Meu ex-inimigo, num desfecho emocionante para uma das grandes inimizades do futebol, tão grande quanto seus protagonistas, e que deixava sinais da possível vinda do hoje Renato Portaluppi.
Renato veio, foi apresentado, mas não vestiu a camisa, sob o argumento de esperar a assinatura do contrato.
Contudo, voltou ao Fluminense, depois foi para o Flamengo e nunca jogou por um time de São Paulo. Mas, ao que parece, já tinha vestido a camisa do São Paulo.
Rivaldo, outrora adversário, já está inscrito e, embora seja de se temer alguma interferência das entidades por conta de seu duplo papel no futebol, ao menos por enquanto, a história é diferente.

2 comentários:

Sidarta disse...

Com certeza, ele não vai incendiar o elenco; mas, quem sabe, consegue tirar o povo do sossego que vivem.

diego disse...

http://futebol-apaixaomundial.blogspot.com/